Dra. Roberta França - Geriatra Barra da Tijuca

+55 (21) 2104-9572

Av. Luís Carlos Prestes, 410 Sala  321
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ,

Ansiedade, Insônia e o Caos da Vida Moderna

Atualmente todo mundo é ansioso, depressivo, estressado e insone. Essa parece ser a tônica da vida moderna e as doenças mentais parecem explodir no mundo todo.

 

Se você tem essa impressão ela é real! Muitos fatores veem contribuindo para isso: aumento da expectativa de vida, aumento dos números de casos de demência e depressão, grande deterioração das relações familiares e sociais, sociedade cada vez mais tecnológica e competitiva, caos urbano e uma imensa desassistencia social. 


Existem sólidas evidências científicas sobre uma hiperatividade cerebral causada pelos fatores acima que levam a uma cascata inflamatória e morte/atrofia neuronal. 
 

A insônia tem se mostrado cada vez mais prevalente no Brasil e no mundo, chegando a atingir até 35% da população.
 

O relato de uso de remédios para dormir aumenta sistematicamente assim como outros métodos, sendo o uso de álcool o principal deles. Dados de 2007 evidenciam que dobrou o número de pessoas com as mais diferentes formas de insônia:


1 ) dificuldade para iniciar o sono
2 ) dificuldade para manter o sono
3 ) despertar precoce 




As consequências clínicas da privação do sono se tornam cada vez  mais evidentes e preocupantes:  hipertensão, diabetes, dor crônica, infarto, AVC e aumento da mortalidade por todas as causas. Além disso a insônia parece preceder as doenças mentais e é responsável pela piora do déficit cognitivo.
Um estudo realizado em 2011 selecionou  pessoas absolutamente saudáveis e as submeteram a privação do sono.

 

Em 6 meses mais de 90% do grupo controle apresentava piora de todos os marcadores inflamatórios, resistência insulínica, ganho de peso, fadiga crônica e maior risco de morte.






A presença da insônia associada a pesadelos é considerada marcador para aumento  de risco de  suicídio e/ou ideação suicida dormir apesar de fundamental parece perda de tempo dentro da sociedade atual. 

Não há espaço mais para os mais humanos sentimentos como tristeza... cansaço.. . sono, dor. Apesar de tudo isso, paradoxalmente cresce o abuso de substâncias excitatórias como cafeína, energéticos, fórmulas de academia, drogas ilícitas.
Isso realmente traz ansiedade...


Temos que estar sempre bem, calmos, acordados, dispostos, felizes, magros cabeludos, alto astral.

As redes sociais criaram imperativos de formas de viver.
Só estamos esquecendo que somos gente de carne e osso, alma e coração.


Dra Roberta França 
Medicina Geriátrica 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Demência Vascular - O que você Precisa Saber

06/25/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo