Dra. Roberta França - Geriatra Barra da Tijuca

+55 (21) 2104-9572

Av. Luís Carlos Prestes, 410 Sala  321
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ,

Casos de Consultório

13/3/2019

Fui chamada para fazer uma avaliação de um senhor a pedido de seu irmão.

Ele me conta que vizinhos haviam feito uma denuncia de maus tratos e abandono familiar e ele ficou bastante assustado com a questão. Me informa que não vê esse irmão há mais de dois anos assim como todos os demais familiares incluindo os filhos do tal senhor.

 

 

 

 

Diz que ele foi uma péssima pessoa, que fez muita coisa errada na vida, que trouxe muitos problemas a família e que hoje esta colhendo o que plantou ao longo da vida. Ouvi tudo sem perguntar nada. Meus anos de geriatria me ensinaram muito sobre não julgamento. Cada família traz sua história e família perfeita só mesmo nas "fakenews" do Facebook. Ao final apenas disse " irei fazer a avaliação mas antes de qualquer coisa preciso esclarecer a você que para a justiça não importa quem essa pessoa foi. Boa ou ruim um ser humano não pode ser abandonado a própria sorte. O cuidado cabe a família e se comprovado a dependência do paciente isso é entendido como abandono de incapaz."

 

Chegando no local da residência ja me choquei com o aspecto do lugar, úmido, sujo, minúsculo, sem quase nenhuma ventilação, baratas pelo chão, um rato ao longe, um insuportável cheiro de urina.

 

São quase 17 anos de geriatra, já vi quase de tudo mas nunca estamos preparados para presenciar um homem em sua mais profunda degradação...

A cena era dolorosa demais.

 

Um minúsculo quarto, um homem sentado, amputado de uma perna, emagrecido, sujo, fedendo a urina e fezes, restos de comida pela cama, feridas por toda cabeça e face...

Tive que respirar fundo para não desabar ali mesmo. 

Junto a ele uma senhora miudinha mas com um coração gigante. Diz que o conhece a muitos anos e que sente muita pena de ve lo assim. Que ajuda como pode indo uma vez por semana dar banho nele. 

 

Peço ao paciente que me conte sua historia. Ele relata que ja teve esposa e tem duas filhas. Fala do irmão e do restante da família que não vê a muito tempo. Que perdeu a perna pelo diabetes. Que não anda ha muitos anos e que vem piorando. Vivi sozinho ali e é ajudado pelos vizinhos. Perguntei como ele fazia suas necessidades no dia a dia e como se alimentava. Ele então aponta para o chão e me mostra duas vasilhas plásticas. Uma cheia de fezes e a outra com urina. Sim! Ele evacuava ali e guardava pois não tinha como ir ao banheiro. O mesmo valia para a urina. A comida chegava a ele pelo buraco da janela que foi estrategicamente quebrado pela vizinha para passar um prato de comida que ela mandava pra ele diariamente pois ele nao tinha mobilidade para abrir a porta.

 

Então nessa cama o senhor faz xixi, faz cocô e come? Sim!!!

Perguntei então sobre as feridas. Ele não tinha noção de como verdadeiramente estavam e o que poderia ser. 

Eram feridas horríveis, enormes, cheias de pus, secreção e ate fezes de mosca.
Era câncer de pele avançado com feridas infectadas com certeza.

Ouvi toda sua história.

O examinei todo.

Ele disse que fazia tempo que ninguém cuidava dele assim...

Não consegui sorrir ... estava perplexa demais...

Passei remédios, fiz várias orientações, informei a delegacia do idoso e mandei um relatório ao irmão 

 

Sai de lá destruída.

Durante dias aquelas cenas não saiam da minha cabeça.

Graças a Deus ele foi internado e em pouco tempo faleceu.

Agradeci a Deus por sua infinita misericórdia!

Ninguém merece viver assim!

Não sou de fazer julgamentos mas acredito no amor, na solidariedade e na empatia.

Nem todo mundo é bom. 

Nem todo mundo é ruim. 

Erramos muito! 

Acertamos por vezes. 

Não importa. 

 

Quando um ser humano encontra se totalmente dependente, doente e incapaz não importa mais o que ele fez... é apenas um ser humano que precisa ser visto apenas como ser humano. 

Não é sobre amor mas sobre compaixão!

Não é sobre ego mas sobre humanidade!

Não é sobre ira mas sobre perdão!

Não é sobre mágoa mas sobre resiliência!

Não é sobre o outro mas sobre você!

Por um mundo com mais boniteza de alma e menos ranço de coração !

 

Dra Roberta França 

Medicina Geriátrica 

De corpo e Alma 

www.geriatrarobertafranca.com.br

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Demência Vascular - O que você Precisa Saber

06/25/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo