Dra. Roberta França - Geriatra Barra da Tijuca

+55 (21) 2104-9572

Av. Luís Carlos Prestes, 410 Sala  321
Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - RJ,

Casos de Consultório

15/3/2019

 

 

A poucos dias publiquei uma história trágica de abandono. 

Hoje tenho muito prazer em contar para vocês uma história belíssima de resiliência e fé.

 

Jorge chegou até mim trazido por sua ex esposa Letícia e seu filho Tiago. 

Estavam completamente desesperados. Jorge, que nunca foi homem fácil, grande mestre e lutador de judô, mulherengo, vaidosíssimo, apresentava claros sinais de demência. De repente já não tomava mais banho, não cortava as unhas, não trocava de roupas, vivia com odor de urina e até fezes. Perdia muitas vezes a noção da realidade e o pior, uma imensa exacerbação da sexualidade. Mexia com qualquer mulher ou menina. Chegou ao ponto de mostrar a genitália para crianças que brincavam na rua. Deu policia e tudo. Era o caos instalado. 

 


Após exames e muito diálogo fui explicando para a família que ele tinha um tipo de demência chamada temporofrontal, que apesar de sua personalidade um tanto libertina, ele estava doente e não era sua culpa tais comportamentos. Riamos e chorávamos juntos nas consultas. As vezes é tudo que podemos fazer.

 

E contrariando amigos, família e todo o resto ela largou tudo no Rio e se mudou para o interior com ele. E foi incrível ver uma família separada ir gradativamente se reconstruindo pelas mãos da compaixão . Mas claro que a situação era seríssima e um dia Letícia me disse " Dra Roberta vou me mudar para o sítio com ele. Vou cuidar dele". Olhei com espanto para aquela mulher que a muito havia deixado de ser sua esposa. Perguntei tem certeza disso? "Sim! Eu não desejo mal a ele. Ele é o pai dos meus filhos. Tiago fica arrasado de ver o pai assim. Farei pelo meu filho e por mim também. Não vou conseguir viver sabendo que ele esta sujo, jogado, sem comer". 

 


Jorge foi melhorando a olhos vistos. Tiago visitava o pai quase que semanalmente. ​Letícia também estava mudada. 

Não é que o sítio lhe fez um bem danado? Ela plantava flores, cuidava do jardim, melhorou a casa, passou a fazer artesanatos lindos... era nítido que estava feliz!

Cada foto que eu recebia me enchia de alegria. 

Jorge nunca mais teve surtos grandes, nunca mais ficou sem banho ou comida.
Ganhou peso e sempre sorria.

 

Faz pouquinho tempo que ele nos deixou...

Partiu nos braços do filho e de uma grande mulher. 

Recebi uma mensagem belíssima dela de gratidão e carinho.

Ela sempre me disse "Dra você é Bárbara !!"

 

Hoje sou quem digo "Que mulher barbara você é Letícia "!!!

Como admiro sua resiliência, sua compaixão, sua fé e seu amor.

Você me disse que irá continuar morando no sítio.

Você encontrou o seu lugar!

A vida é assim, quando nos abrimos para ela sem raiva ou rancor, ela nos preenche de luz e significado!

 

No final a história de vocês foi linda!

Você o salvou de todas as formas...

Ele a você de tantas outras...

E isso, ahhh, isso é BÁRBARO !!!!

Gratidão por me darem o privilégio de fazer parte dessa trajetória.

Dra Roberta França
Medicina Geriátrica
De corpo e Alma
www.geriatrarobertafranca.com.br

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Demência Vascular - O que você Precisa Saber

06/25/2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo